I'm Brazilian, I've always loved music and since I was little I buy and I listen to rock.
During the 70's I met a magazine called Pop, which I christened German Pop, since it was of Germanic origin, I did not understand what was written in the great majority, but it was there that I met the groups that I publish here on the blog today. Rock made in Germany is one of my favorites, but my taste is very eclectic.

Sou brasileira, sempre amei música e desde muito pequena compro e ouço rock. Durante os anos 70 conheci uma revista chamada Pop, que batizei de Pop Alemã, uma vez que era de origem germânica, eu não entendia o que estava escrito na sua grande maioria, mas foi ali que conheci os grupos que hoje publico aqui no blog. O rock feito da Alemanha é um dos meus favoritos, mas meu gosto é muito eclético.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Maschine Nr. 9 - Headmovie (1974) (NEW LINK)

Maschine nr. 9 é um álbum absolutamente experimental que não será entendido por todos, então se você não curte o experimentalismo alemão não baixe este disco.

Um apelo a imaginação em um mundo racionalizado - uma situação em algum momento no futuro : Empresa Galactical joint inventa a máquina n º 9 através da qual , os meios de rádio são explorados em 100%, de modo que todas as sensações e estados de experiência são possíveis.

É uma totalidade cósmica. Isto é conseguido através de um psicodélico abolir de fronteiras existentes da música, som e palavras. Máquina n º 9 tem todas as características de um espírito vivo , reage exatamente igual, tem pensamentos sobre a forma de emoções.  Totalmente indispensável para os amantes do krautrock.

Yandex
Bernd Brummbär        
Georg Deuter     
Wolf Wondratschek 

01. Track 1 (no title)
02. Track 2 (no title)

2 comentários:

Alex B disse...

Nada mais importante a acrescentar, a descrição do disco que você fez o representa perfeitamente. Procurar um 'sentido', uma 'totalidade' nesse obra é pura besteira; a audição dele me fez lembrar um conceito central de Lacan: o real não possui necessariamente significado (putz, citar um psicanalsita em um comentário de disco de krauta. O disco em questão fundiu mesmo a cabeça desse escriba). E mais uma vez, parabéns pelo blog.

Márcia Tunes disse...

Alex, obrigada!

Pois é, mas acho que vale sim falar de Lacan ou citar qualquer psiquiatra, pensador em uma publicação sobre música, afinal de contas o que é a música senão emoção e sentimentos quase sempre repleta de conflitos existenciais...