I'm Brazilian, I've always loved music and since I was little I buy and I listen to rock.
During the 70's I met a magazine called Pop, which I christened German Pop, since it was of Germanic origin, I did not understand what was written in the great majority, but it was there that I met the groups that I publish here on the blog today. Rock made in Germany is one of my favorites, but my taste is very eclectic.

Sou brasileira, sempre amei música e desde muito pequena compro e ouço rock. Durante os anos 70 conheci uma revista chamada Pop, que batizei de Pop Alemã, uma vez que era de origem germânica, eu não entendia o que estava escrito na sua grande maioria, mas foi ali que conheci os grupos que hoje publico aqui no blog. O rock feito da Alemanha é um dos meus favoritos, mas meu gosto é muito eclético.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Prof. Wolfff - Prof. Wolfff 1972 (Germany, Krautrock, Heavy Prog)



Fundada em Ulm, Alemanha em 1971 - Dissolvida em 1972 - Reunida como Prof. Wolfff Ensemble / Prof. Wolfff III, dividindo-se definitivamente em 1982

PROF. WOLFFF Infelizmente, produziu apenas um álbum. Com letras em alemão. Combinado blues, folk e psicodelia, krautrock.
A primeira formação consistiu em Klaus-Peter 'KP' Schweitzer (guitarra, piano, vocais), que basicamente administrou a composição, Rolf-Michael 'Romi' Schickle (órgão), Detlev 'Mondo' Zech (baixo), Michael 'Sam 'Sametinger (bateria, percussão) e Friedrich' Fritz 'Herrmann (guitarra, vocais, gaita). De onde vem o nome obscuro da banda?  Uma das várias possibilidades: Schweitzer estava sentado em um café e pedia à garçonete o nome de um homem não refinado. A resposta foi: "Prof. Wolfff" e ele decidiu usar.

PROF. O WOLFFF gravou seu álbum auto-intitulado em outubro de 1971 no estúdio Jankowsky, Stuttgart. Foi produzido por Jonas Porst, da IHRE KINDER. Guitarras cruas e destaque para os teclados dão um certo peso. Por outro lado, você pode encontrar duas músicas folclóricas com vocais de coro, bem como motivos clássicos que estão tornando este álbum único como um todo.



Yandex

- Klaus-Peter "KP" Schweizer - lead vocals, guitar, electric piano
- Rolf-Michael "Romi" Schickle - Hammond organ, electric piano, vocals
- Friedrich "Fritz" Herrmann [aka Friedrich Glorian] - lead guitar, harmonica, vocals
- Detlev "Mondo" Zech - bass, vocals
- Michael "Sam" Sametinger - drums, percussion
+
- Jonas Porst - producer

01. Hetzjagd (Rolf-Michael Schickle/Detlev Zech/Klaus-Peter Schweizer) - 9:54
02. Hans Im Glück (Klaus-Peter Schweizer/Detlev Zech) - 7:42
03. Mißverständnis (Klaus-Peter Schweizer) - 4:01
04. Das Zimmer (Klaus-Peter Schweizer) - 4:47
BONUS
05. Weh' Uns (Klaus-Peter Schweizer/Wolfganf Borchert) - 9:39
Bonus:
06. Hetzjagd (radio mix) (Rolf-Michael Schickle/Detlev Zech/Klaus-Peter Schweizer) - 3:15


2 comentários:

Il Trovatore disse...

Grande postagem Márcia... Postei esse álbum mês passado em flac... e reparei com mais calma que é um trabalho cantado "chatamente" em alemão mas com ótimo instrumental...

Abraços Progressivos!

Agnaldo Francisco disse...

Um disco muito bacana, Valeu. Prog forever!